O que é a Orientação Subaquática? PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

ENQUADRAMENTO HISTÓRICO

A “Orientação Subaquática” e a “Natação com Barbatanas” tiveram o seu primeiro Campeonato da Europa em 1967, em Itália.

A competição constava de duas provas de orientação, uma prova de velocidade com escafandro num percurso de mil metros e uma prova de 40 metros em apneia.

Em 1970 por razões organizativas as disciplinas de “Orientação Subaquática” e de “Natação com Barbatanas” separaram-se.

O primeiro Campeonato do Mundo de “Orientação Subaquática” teve lugar na Jugoslávia em 1973, com comparência de 150 mergulhadores representando 15 países

orient1

Alternadamente, disputam-se todos os anos o Campeonato da Europa e o Campeonato do Mundo, realizados em seis mangas, todas em países diferentes.

Os países que praticam esta modalidade desportiva têm os seus campeonatos Regionais e/ou Nacionais.

A Áustria, Alemanha, Bulgária, Dinamarca, Espanha, França, Holanda, Hungria, Itália, Jugoslávia, Polónia, Rússia, Suécia, Suíça são os países onde este tipo de atividade está mais desenvolvido.


DEFINIÇÃO

Na generalidade a orientação subaquática é uma técnica, normalmente apresentada como uma atividade altamente especializada, que faz constantemente o apelo a exigências físicas e mentais quer seja utilizada como lazer ou como competição.

A orientação subaquática é uma técnica de navegação que permite efectuar um percurso em imersão segundo um itinerário estabelecido, utilizando uma carta e uma bússola.

As provas de “Orientação Subaquática” destinam-se a colocar à disposição dos praticantes percursos técnicos adaptados à utilização da bússola, que vão permitir a cada praticante adquirir, sem dificuldade particular, a competência técnica de navegação subaquática.

É o mergulho de competição onde apenas se pensa na perfeição do desempenho, no treino, na precisão, na pontuação e na classificação final.

Para o atleta, o mar, um lago, uma barragem servem de pistas de corrida onde ele pode desenvolver até ao infinito todas as suas qualidades/capacidades atléticas

É uma atividade de mergulho onde os exercícios devem ser executados com rapidez e precisão.

A natação em imersão, a leitura dos rumos, o cálculo das distâncias são por vezes executados em águas com menos de um metro de visibilidade

A preparação física terrestre, o treino de velocidade em piscina, a preparação técnica no mar ou num lago, são etapas fundamentais para a obtenção de bons resultados nas provas de “Orientação Subaquática” desportiva.

A “Orientação Subaquática” desportiva é considerada um desporto de alto nível onde os seus atletas não são inferiores aos atletas de outras disciplinas.

EQUIPAMENTO


Garrafamergulhador_e_equipamento
  • De alumínio de 7 litro (carregada a 200bar)
  • Ogiva na parte frontal e carenagem na parte posterior para melhorar o perfil hidrodinâmico
  • Dispositivo de estabilização horizontal  
  • Pegas de suporte
  • Quilha com suporte dos instrumentos
  • Regulador
  • Primeiro andar o mais compacto possível
  • Segundo andar de preferência de pequena dimensão ligado à garrafa por uma mangueira muito flexível e o mais curta possível
  • A sua afinação deve proporcionar ao atleta a maior facilidade respiratória
Máscaramscara
  • De volume reduzido
  • Cobrindo olhos e o nariz integralmente sem dispositivo para compensação
  • Com vidro amarelo ou alaranjado para melhor visibilidade em águas com pouca visibilidade
BarbatanasMonopalma2
  • A Monobarbatana, oriunda da Natação com Barbatanas (1950), é a barbatana preferencialmente utilizada em alta competição
  • As barbatanas normais são também utilizadas em provas interclubes sem as características da alta competição

Bússola

  • Utiliza-se a bússola semi esférica, de quadrante móvel de grandes dimensões para uma leitura fácil e de grande precisãoContametros_bussola
Conta Metros
  • Normalmente de construção artesanal.
  • Tem um hélice que gira em função da deslocação
  • Pode ser mecânico ou eletrónico. Pode ter ou não um botão de reposição do zero.
Fato Exotérmico
  • Em neoprene de pouca espessura (2 a 3mm)
  • O mais liso possível para diminuir o atrito na água
  • É obrigatório o seu uso em águas com temperatura inferior a 14ºC
Lastro
  • Sendo o fato de pequena espessura permite um lastro de +/- 2kg que deverá ser distribuído por frações de 200g colocadas em bolsas à volta da cintura
Bóia de SuperfícieBoias
  • De fabrico artesanal tem as dimensões 900x150x100mm
  • Deve ter a capacidade de suportar uma carga de 8kg sem afundar
  • Está ligada ao atleta por um cabo de 4m de comprimento que deve resistir a uma força de tração de 30kg