JODY LOT VENCE 3º ATLANTIC INTERNATIONAL MASTER DE PESCA SUBMARINA 2016, EM PENICHE E PORTUGAL VENCE POR PAÍSES PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

alt

JODY LOT VENCE 3º ATLANTIC INTERNATIONAL MASTER DE PESCA SUBMARINA 2016, EM PENICHE E PORTUGAL VENCE POR PAÍSES

JODY LOT, MATTHIAS SANDECK E ANDRÉ DOMINGUES VENCEM CAMPEONATO NACIONAL DE PESCA SUBMARINA TRIPLAS 2016 E ESTORIL PRAIA VENCE POR CLUBES

Peniche recebeu num só fim-de-semana várias competições desta modalidade desportiva praticada exclusivamente em apneia, no dia 21 de Maio, a terceira edição do Atlantic International Master de Pesca Submarina e no dia 22 de Maio, o Campeonato Nacional de Pesca Submarina Triplas 2016, juntamente com o Open de Triplas Cidade de Peniche.

A terceira edição do "Atlantic Spear Fishing International Master" realizou-se, no sábado, com boas condições de mar, com os atletas a concentrarem-se no lado Norte de Peniche, entre a Nau dos Corvos e a Papoa. Nesta prova individual com o apoio de embarcação e timoneiro participaram 13 atletas em representação de Portugal, Finlândia, San Marino e Eslovénia.

No pódio individual desta prova internacional ficaram três atletas nacionais, no primeiro lugar o Jody Lot, com 100% de pontuação percentual, no segundo lugar o André Domingues com 94,46% e no terceiro o João Peixeiro com 68,33%. O atleta estrangeiro melhor classificado foi o Robert Podgorsek da Eslovénia, em sétimo lugar com 27,2%, seguido do Finlandês Matti Pyykko, em oitavo lugar com 26,14%, o vencedor da anterior edição do Atlantic Master.

A organização decidiu atribuir também a classificação por países e Portugal ocupou destacadamente o primeiro lugar com 262,79% de pontuação percentual, seguiu-se em segundo lugar a Finlândia com 51,99% e em terceiro lugar San Marino com 40,72%.

O maior exemplar do Atlantic Master foi uma Abrótea com 2,330 kg, capturada pelo atleta da Selecção Nacional, Pedro Domingues.

No domingo teve lugar o Campeonato Nacional de Triplas e o Open Cidade de Peniche, na zona de prova mais a Sul, em condições mais adversas e com o vento a soprar mais forte, comparativamente a sábado. No total participaram 36 atletas distribuídos por 12 triplas, cada uma na sua embarcação de apoio.

O pódio do Campeonato Nacional de Triplas ficou ordenado em primeiro lugar com a tripla Jody Lot/ Matthias Sandeck/ André Domingues, do Estoril Praia, com 100% de pontuação percentual, em segundo lugar a tripla Humberto Silva/ Luís Gonçalo Sá/ Francisco Bregas, também do Estoril Praia, com 70,76% e em terceiro lugar a tripla Pedro Domingues/ João Peixeiro/ Miguel Santos, do Grupo Desportivo e Cultural Administração do Porto de Sines, com 58,23%.

No pódio por clubes ficou em primeiro lugar o Grupo Desportivo Estoril Praia com 170,76% de pontuação percentual, em segundo lugar o Grupo Desportivo e Cultural Administração do Porto de Sines com 58,23 % e em terceiro lugar o Clube Vela de Lagos com 14,54%.

O maior exemplar do Campeonato Nacional de Triplas também foi uma Abrótea com 1,970 kg, capturada pelo atleta Pedro Domingues, do Grupo Desportivo e Cultural Administração do Porto de Sines.

E o pódio do "Open de Triplas Cidade de Peniche – José Ramalhete" que também contou para a Taça de Portugal, ficou ordenado em primeiro lugar com a tripla Jody Lot/ Matthias Sandeck/ André Domingues, com 100% de pontuação percentual, em segundo lugar a tripla Humberto Silva/ Luís Gonçalo Sá/ Francisco Bregas, com 70,76% e em terceiro lugar a tripla Domenico.Macaluso/ Francesco Conte/ Robert Podgorsek, com 61,95%.

As pesagens, sorteio de produtos e as cerimónias de entrega de prémios foram realizadas no Clube Naval de Peniche e contaram com a presença dos representantes das várias entidades que colaboraram na organização deste conjunto de competições de Pesca Submarina, nomeadamente: Jorge Bombas Amador – Vice-Presidente da Câmara Municipal de Peniche, Francisco Silva – Presidente do Clube Naval de Peniche, Jofre Pereira - Direção do Lar Santa Maria de Peniche, Mark Ministro – Presidente da Assembleia-Geral da FPAS, Ricardo José – Presidente da FPAS, Luis Verissimo, Francisco Oliveira e Lourenço Silveira – Vice-Presidentes da FPAS.

Habitualmente as capturas resultantes das provas de Pesca Submarina são doadas a instituições locais de solidariedade social e os maiores exemplares sorteados pelo publico assistente. Nestes dois dias de competição as capturas foram todas entregues ao Lar Santa Maria de Peniche.

A FPAS felicita todos os participantes e agradece o apoio prestado pelo Clube Naval de Peniche, a Câmara Municipal de Peniche, Bombeiros Voluntários de Peniche, Capitania do Porto de Peniche, Revista O Praticante, Jornal Notícias do Mar, Suzuky Marine, Meganáutica, Casa Ermelinda de Freitas, Salvimar Portugal, Nautel, Nautioeste, Sparus Sub e a todos quantos colaboraram direta e indiretamente na organização deste evento desportivo.

Estas provas tiveram por objectivo encontrar o Campeão Atlantic Master, a tripla Campeã e o clube Campeão Nacional de Triplas 2016, divulgar e sensibilizar os praticantes e público em geral para esta modalidade selectiva, praticada totalmente em apneia e consequentemente contribuir, por um lado, para o desenvolvimento da Pesca Submarina de competição em Portugal e, por outro, para a promoção turística e económica do local onde estes eventos têm lugar.

3º Atlantic Master_Pódio Individual:

alt

3º Atlantic Master_Pódio Paises:

alt

Campeonato Nacional Triplas 2016_Pódio

alt

Open Triplas Cidade Peniche_Pódio:

alt

alt

alt

alt